VELOZES E FURIOSOS 8

Por Thomas Araujo

A bem sucedida franquia de “Velozes e Furiosos” chega ao seu oitavo capítulo demonstrando nenhum sinal de cansaço. Prestes a atingir US$ 1 bilhão em arrecadação mundial, “Velozes e Furiosos 8” traz para os fãs mais ação e adrenalina de encher os olhos, indo de Cuba à Rússia.

Neste novo longa, Dom (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) estão curtindo a lua de mel em Havana, mas a súbita aparição de Cipher (Charlize Theron) atrapalha os planos do casal. Ela logo arma um plano para chantagear Dom, de forma que ele traia seus amigos e passe a ajudá-la a obter ogivas nucleares. Tal situação faz com Letty reúna os velhos amigos, que agora precisam enfrentar Cipher e, consequentemente, Dom.

Os protagonistas fazem um bom trabalho e mostram o porquê da franquia ter conseguido chegar ao seu oitavo filme. Vin Diesel e Michelle Rodriguez são, claro, os grandes destaques da trama. Ambos já são bem conhecidos por já terem atuado em filmes de ação anteriormente, e não é à toa que eles sabem muito bem como fazê-lo. Mesmo quando a cena transparece para um momento de romance, os atores sabem que o foco não está nela e ambos sabem manter um equilíbrio e a tensão que o momento realmente precisa. Além do time composto por Ludacris, Tyrese Gibson, Dwayne Johnson, Jason Stathan e Nathalie Emmanuel, Charlize Theron realiza um bom desempenho sendo a antagonista da trama.

Uma curiosidade: em homenagem à Paul Walker, este filme contém mais cenas de perseguição e corrida em cidades grandes, um antigo desejo do falecido ator, que por muitos anos interpretou o personagem Brian O’Connor. “Velozes e Furiosos 8” é dirigido por F. Gary Gray e está em cartaz no cinema Arcoplex mais próximo.