ESTRELAS ALÉM DO TEMPO

Por Jhonatan Luiz de Souza Gomes

Indicado ao Oscar de melhor filme, melhor atriz coadjuvante (Octavia Spencer) e melhor roteiro adaptado (Theodoro Melfi), o filme “Estrelas Além do Tempo” estreia no Brasil na próxima quinta feira (02/02). O longa conta a real história de três mulheres negras/maravilhosas que foram peças mais que importantes para que o homem pudesse por os pés na lua. Nesta época os Estados Unidos e União Soviética disputavam a corrida espacial ao mesmo tempo que a sociedade norte-americana lidava com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Na NASA está situação se refletia nas protagonistas Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson, interpretadas pelas atrizes Taraji Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe, tiveram que provar suas competências no seu trabalho, pois somente os homens brancos tinham o verdadeiro reconhecimento.

Hoje, Katherine Johnson é a única viva das três representadas no filme, nascida em West Virgínia no ano de 1918, ficou pouco tempo na escola por ser muito inteligente se formou aos 14 anos. Aos 18 anos se forma em matemática e francês pela Universidade West Virgínia State. Entrou pra NASA em 1953, em meio à forte hierarquia da empresa e também à sociedade racista e machista dá época. Seu trabalho de maior relevância e prestígio, é claro, foi ter calculado a missão que possibilitou o astronauta John Glenn a ser o primeiro homem a pisar na lua.

Em 2015, Katherine recebeu a mais alta condecoração civil dos Estados Unidos, a Medalha Presidencial da Liberdade, pelo presidente Barack Obama.

Gente, assista!